Colunistas

Trabalho em equipe pode fortalecer a corporação

Confira as dicas da especialista Madalena Feliciano

Especialista: Carreiras

Uma equipe é considerada uma equipe a partir do momento em que um simples amontoado de pessoas passa a ser formado por profissionais que possuem o mesmo desejo e objetivo: alcançar as metas propostas. Em um grupo ideal, os membros dão apoio uns aos outros, colaboram livremente e se comunicam com clareza e de forma aberta entre eles.

(Foto: Shutterstock)
O trabalho em equipe traz benefícios tanto para os próprios membros quanto para a instituição (Foto: Shutterstock)

No ambiente do trabalho público essa organização entre as pessoas se torna ainda mais importante. Para as corporações, o trabalho em equipe traz benefícios tanto para os próprios membros quanto para a instituição, já que, nessa forma de batente, a competição individual é minimizada e o que começa a contar pontos são a cooperação e a colaboração entre as pessoas.

Quando falta certo conhecimento ou competência para algum membro da equipe, outra pessoa está pronta para supri-lo e até ensiná-lo. Dessa forma, ambos os trabalhadores saem ganhando, assim como a corporação, que passa a obter colaboradores mais capacitados e com sabedoria para trabalhar em grupos.

As equipes têm mais fontes de informação. Cada indivíduo, com a sua formação individual e experiência, colabora para um acúmulo de conhecimento para o time que irá facilitar na resolução de atividades e tomadas de decisões. Além disso, equipes costumam ser mais criativas, já que cada membro tem seu ponto de vista sobre determinado problema, – e essa diferença soma forças para novas soluções para o mesmo problema.

No âmbito pessoal, a interação com outras pessoas faz com que o indivíduo reavalie seu ponto de vista sobre diversos assuntos, levando-o a questionar-se e mesmo modificar seu estilo de comunicação, dessa forma, as pessoas aprendem mais sobre os outros – e até sobre si mesmos.

Porém, existem alguns pontos negativos que devem ser lembrados. A equipe pode pressionar o indivíduo, já que pessoas com opiniões diferentes podem sentir-se pressionadas a aceitar a decisão tomada pela maioria.

+ Você sabe de onde o banco tira o dinheiro para financiar um imóvel?

+ Problemas financeiros são evitados com planejamento

Outro caso comum no trabalho em grupo é a má gestão e distribuição de trabalho, o que faz com que uma pessoa sinta-se sobrecarregada – mas isso não é necessariamente culpa do trabalho em grupo, e sim de uma gestão mal feita.

Cabe a empresa decidir, com a ajuda dos próprios colaboradores, qual é a melhor forma de trabalho para cada tarefa e quais os principais objetivos propostos por cada situação. Caso o tempo seja curto, trabalhar sozinho pode ser a melhor opção. Agora, se é necessário uma dose de criatividade, novas ideias e fortalecer o laço entre os profissionais, por exemplo, o trabalho em equipe é sempre a melhor saída.

+ Gostou das dicas? Aproveite e deixe seu comentário!

+ Faça seu cadastro no ZAP Pro e receba as novidades!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *