Mercado Imobiliário

Índice FipeZap: acompanhe a evolução dos preços do mercado

Conheça o Índice FipeZap que acompanha o valor médio dos imóveis residenciais, comerciais e para alugar

O Índice FipeZap é uma parceria (formada desde 2010) entre a Fipe e o portal de imóveis ZAP. Este é o primeiro indicador a realizar um acompanhamento constante sobre a evolução dos preços dos imóveis no país.

 

O FipeZap tornou-se referência como fonte de informações sobre o mercado imobiliário brasileiro, tanto para profissionais do mercado, analistas e famílias brasileiras.

 

Como são feitos os cálculos do Índice FipeZap?

 

Milhões de anúncios de venda e locação são coletados mensalmente, seja para imóveis comerciais ou residenciais. Depois de passar por um cuidadoso tratamento estatístico, apenas as informações mais adequadas são consideradas. A partir daí, os preços representativos dos bairros de cada uma das cidades analisadas são calculados.

 

Seguindo algumas ponderações, as regiões são agrupadas e recebem um acompanhamento ao longo do tempo, permitindo que se conheça a evolução dos preços.

 

Índice FipeZap contribui para os negócios do mercado?

 

Para os profissionais do mercado imobiliário, é mais do que essencial acompanhar a evolução dos preços dos imóveis no país. Isso porque os valor médio pode explicar muito sobre o cenário dos negócios.

 

Outros produtos do ZAP associados ao mercado de imóveis:

 

  • Raio-X FipeZap: essa pesquisa apresenta descontos, expectativa de mercado e motivo de compra dos consumidores.

 

  • Índice FipeZap Histórico: trata-se de um índice trimestral de preços de imóveis anunciados no município de São Paulo a partir de 1965.

Agora que você conheceu os diferentes tipos de índices, fique atento aos números do mercado e acompanhe o FipeZap sempre que precisar!

 

+ Faça seu cadastro no ZAP Pro e receba as novidades!

+Confira o preço de venda de imóveis residenciais em fevereiro/2018

+ Saiba como a matemática financeira pode ajudar nas vendas

+ Conheça 3 mitos sobre as redes sociais que corretores ainda acreditam

+Veja dicas de como passar feedbacks para sua equipe

 


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *