Relatório FipeZap

Índice FipeZAP Comercial: em novembro houve recuo no preço das vendas, mas preços de locação permanecem estáveis

No acumulado de 2018, todavia, tanto os preços de venda quanto de locação de imóveis comerciais acumulam queda (2,36% e 2,68%, respectivamente)

Índice FipeZAP Comercial registrou, em novembro, retração no preço médio de venda (-0,42%), enquanto o preço médio de locação manteve-se estável (+0,02%). A inflação medida pelo IPCA (IBGE) foi de -0,21% no mês.

No último mês: o preço médio de venda de imóveis comerciais apresentou recuo em todas as cidades monitoradas pelo Índice FipeZAP: Rio de Janeiro (-0,77%), São Paulo (-0,32%), Belo Horizonte (-0,39%) e Porto Alegre (-0,12%). Por outro lado, o preço médio de locação de imóveis comerciais apresentou ligeira alta em São Paulo (+0,16%), permaneceu próximo da estabilidade no Rio de Janeiro (+0,04%), e recuou em Porto Alegre (-0,39%) e Belo Horizonte (-0,33%).

Balanço parcial de 2018: até novembro, tanto o preço médio de venda quanto o preço médio de locação de imóveis comerciais apresentam queda, com variações de -2,36% e -2,68%, respectivamente. Comparativamente, a inflação no período é de 4,33%, segundo o IPCA (IBGE). Individualmente, nenhuma das cidades monitoradas pelo Índice FipeZAP registra alta nominal no preço médio de venda de imóveis comerciais no balanço parcial de 2018. Por outro lado, no tocante ao preço médio de imóveis comerciais destinados à locação, Porto Alegre manteve-se como a única cidade entre as monitoradas a registrar alta no ano (+0,60%).

indice-fipezap-comercial-nov18
Porto Alegre, Brasil (fonte: Shutterstock)

Análise dos últimos 12 meses: neste horizonta de análise, o Índice FipeZAP Comercial registra queda nominal de 2,31% e 2,58%, respectivamente, nos preços médios de venda e locação de conjuntos e salas comerciais de até 200 m², enquanto, a inflação acumulada no período é de 4,79%, de acordo com IPCA (IBGE). Novamente, Porto Alegre é a única cidade dentre as monitoradas a registrar alta no preço de locação comercial (+0,51%).

Retorno do investimento e benchmark: o investimento em imóveis comerciais tem oferecido um retorno médio inferior ao CDI* desde 2014 – diferencial que se acentuou a partir de 2015. Nos últimos 12 meses, o CDI apresentou uma rentabilidade média de 6,5%, enquanto os imóveis comerciais apresentaram um retorno médio de 2,0% – percentual que inclui a renda média do aluguel e a valorização dos ativos.

Preço médio de venda e locação comercial: em novembro de 2018, o valor médio do m² nos 4 municípios monitorados pelo Índice FipeZAP foi de R$ 9.398/m² , no caso de imóveis comerciais à venda, e de R$ 39,27/m² , no caso de imóveis para locação. Rio de Janeiro se manteve como a cidade com o preço médio de venda do segmento mais elevado (R$ 10.108/m²), enquanto São Paulo se destacou com o maior preço médio de locação entre imóveis comerciais (R$ 42,48/m²). Além disso, a capital paulista também ofereceu a maior taxa de rentabilidade do aluguel comercial entre as cidades monitoradas, com retorno anualizado de 5,5%.

fipezap-novembro-11-comercial

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *