Dicas para Corretor

Corretor: veja as principais novidades para alavancar venda de imóveis

O ZAP separou as principais orientações e dicas repassadas pelos palestrantes. Confira

Aconteceu em dezembro, mais uma edição do programa ProCorretor, evento patrocinado pelo ZAP que tem o objetivo de qualificar e atualizar os profissionais brasileiros do mercado de imóveis aos elevados padrões internacionais de qualidade e ética.

Os workshops, palestras e mesas-redondas abordaram assuntos como educação financeira, técnicas para vendas, rentabilização de clientes, dentre outros. Para você que perdeu ou não pôde participar deste encontro, O ZAP separou as principais orientações e dicas repassadas pelos palestrantes. Confira:

Como a internet pode ajudar a vender mais em 2014 – Eitan Blanche, executivo do Google, revelou que há mais de 500 milhões de buscas sobre mercado imobiliário na internet, e 71% delas são feitas antes da compra do imóvel. Portanto, o corretor deve ficar atento a essa demanda e se inserir no contexto digital. Pois como bem apontou Pedro Klumb, especialista em finanças imobiliárias, durante sua palestra, “a nova geração (de clientes) não entende papel”.

Como a tecnologia pode alavancar as vendas – A internet também serve como vitrine para os profissionais do setor imobiliário. Segundo Anderson Criativo, co-fundador da agência Neelkeen, a tecnologia pode beneficiar o corretor em três aspectos. O primeiro deles se refere ao marketing pessoal. Após a conclusão de uma venda, a dica dele é pedir que as pessoas recomendem seu trabalho nas mídias sociais. Isso pode gerar novos contatos e mais negócios.

O segundo diz respeito ao relacionamento com o cliente. Metaforicamente, o vendedor precisa surfar na onda dos smartphones e aplicativos disponíveis na atualidade. A sugestão dada pelo palestrante é a de explorar todas as ferramentas de comunicação disponíveis, tais como telefone, e-mail, whatsapp, sms e o que mais facilitar a vida das pessoas.

Já o terceiro está relacionado a ganhos de produtividade e possui total relação com os fatores já citados. Em uma cidade com trânsito caótico, como São Paulo, a tecnologia pode salvar um dia de trabalho, conforme declarou o palestrante. E a própria geração atual de clientes, muito conectada e apegada à tecnologia, desejará comodidade e agilidade para receber informações a respeito de um imóvel, concluiu ele.

Estratégias de marketing na web para tribos distintas – Estudar clientes e imóveis e encontrar as semelhanças entre eles também é tarefa do corretor, conforme orientou Márcia Zugliani, especialista em planejamento estratégico. Por isso, ela apresentou a tendência de analisar e tratar clientes por causa, e não por faixa etária. Assim como há um público que busca imóveis sustentáveis, existem os que utilizam a bicicleta como meio de transporte, e para estes, três vagas na garagem será uma vantagem pouco relevante. Portanto, é preciso ir além de informação padrão.

Procurando mudar de vida? Experimente enriquecer! – Qual é a primeira atividade que um corretor deve realizar todo o dia? Essa foi a pergunta que Augusto Saboia, especialista em planejamento financeiro, lançou aos participantes do evento. A resposta, segundo ele, é ler o obituário do jornal para se ter uma ideia de quais e quantas famílias poderão precisar do serviço do corretor, em casos de partilha e venda de bens imobiliários. Foi com esse e outros exemplos que o palestrante mostrou que o corretor deve estar atento às oportunidades do mercado, mas é, claro, sem cair na inconveniência. Networking, dedicação e estudo também são palavras de ordem para quem deseja alcançar o sucesso pessoal e profissional. E o dinheiro virá como consequência.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *