Dicas para Corretor

Como devem atuar os corretores de imóveis que estão entrando agora no mercado?

Para aprender o dia a dia do corretor, quem ingressa na profissão deve começar atuando em uma imobiliária ou incorporadora

Para o presidente do Sistema Cofeci-Creci, João Teodoro da Silva, quem ingressa na profissão deve começar atuando em uma imobiliária ou incorporadora, onde irá aprender o dia a dia com corretores de imóveis que já trabalham há mais tempo no processo de vendas. Assim, vai adquirir experiência inicial e, posteriormente, poderá ampliar seu universo até seguir para uma carreira individual”, acredita.

 

(Foto: Shutterstock)
Conhecer melhor os bairros de atuação também pode trazer um diferencial para o profissional (Foto: Shutterstock)

Segundo ele, o corretor de imóveis não tem público-alvo específico. “O alvo de um corretor de imóveis é o comprador, independentemente de ser jovem, casal ou divorciado. O importante é conhecer bem o imóvel que se quer vender para que possa direcioná-lo para um determinado público. Por exemplo, quitinetes são procuradas, em geral, por estudantes, recém-casados e divorciados. A partir daí, temos como direcionar o público que será atingido, mas não partimos do público para o imóvel.

Conhecer melhor os bairros de atuação também pode lhe trazer um diferencial. “Estudar o imóvel e sua localização agrega conhecimento e credibilidade na hora da venda”, ressalta.

Especialização

Na opinião de Silva, a especialização cabe para o corretor que deseja trabalhar com um segmento de altíssimo padrão, caso contrário, não tem especialização para segmentar o público-alvo. “Apesar de parecer uma profissão simples, ela exige muito estudo e conhecimento. Por isso é essencial que o corretor de imóveis esteja sempre atualizado e antenado em questões financeiras, arquitetônicas, de engenharia, economia, tudo isso poderá ser um diferencial na hora de vender e conquistar o seu cliente.”

O presidente do Sistema Cofeci-Creci dá algumas dicas aos iniciantes:
1º – Estudar – conhecimento é a base para o sucesso da profissão;
2º – Trocar ideias com profissionais que já estão no ramo há mais tempo também é um grande diferencial;
3º – Manter-se sempre atualizado. Não somente com assuntos imobiliários, mas também com áreas ligadas à profissão;
4º – Participar de eventos, palestras e cursos oferecidos pelos regionais da categoria.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *