Fique por Dentro

Caixa reabre linha de crédito Pró-Cotista

Além disso, banco volta a financiar 70% do valor dos imóveis usados

A Caixa Econômica Federal comunicou na última terça-feira (2), que vai voltar com a linha Pró-Cotista, uma das mais baratas oferecida pelo banco. Para quem não se lembra, a modalidade havia sido suspensa em junho do ano passado.

+ Gostou das dicas? Aproveite e deixe seu comentário!

+ Faça seu cadastro no ZAP Pro e receba as novidades!

Além da volta da linha de crédito, a instituição anunciou o aumento do financiamento dos imóveis usados, de 50 para 70%. Com isso, a exigência de entrada para financiar um imóvel dessa categoria caiu de 50 para 30%. Porém, para quem for comprar um imóvel novo, ainda está mantido o percentual de 80% do financiamento.

(Foto: Shutterstock)

Linha Pró-Cotista

É bom lembrar, que a linha pró-cotista é a que atualmente cobra os menores juros, isso se você não faz parte do programa Minha Casa Minha Vida. O banco informou ainda que a modalidade foi reaberta na última terça-feira para os clientes que atendem aos critérios estabelecidos pelo Conselho Curador do FGTS.

Essa modalidade de crédito é voltada para os trabalhadores com conta de FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) e oferece taxas de juros que varia de 7,85% a 8,85% ao ano. Para ter acesso a essa modalidade, você precisa compro var, no mínimo, 36 meses de trabalho sob o regime do FGTS, não necessariamente consecutivos, ou o saldo em conta vinculado, de no mínimo 10% do valor da avaliação do imóvel. Além disso, você não pode se proprietário de imóvel no município ou região metropolitana onde mora ou trabalha e nem ser detentor de nenhum financiamento no SFH em qualquer parte do País, seja imóvel novo ou usado.

Vale ressaltar que o empréstimo pode ser pago em até 30 anos, se for um bem de até R$ 950 mil em Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo e Distrito Federal, e nos demais estados o teto é de R$ 800 mil.

+ Caixa reduz para 50% financiamento de imóveis usados

O que fazer quando eu tenho o cliente mas não tenho o produto?

Entenda se o material usado no acabamento do imóvel influencia no valor final

O preço do imóvel está caro? Veja qual postura adotar para falar com o cliente

Veja como descobrir quanto vale o imóvel

Veja qual é a tendência para o mercado de locação neste ano

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *